segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Se der, ame-me



Você é touro. Eu, escorpião. Você tem a frieza que eu tinha cinco anos atrás. Eu, o calor que recebi. Você teme o futuro e eu desespero. Eu anseio cada momento e você os vive um de cada vez. Você acha que as coisas vão acabar mal, mas eu sei que tudo está bem quando acaba bem e se não está bem é porque não acabou. Eu acredito. Você desconfia. Eu choro as pitangas, os morangos, as melancias. Você não gosta das minhas lágrimas, mas aprendeu a não ter dó delas. Você diz as coisas sem pensar e eu, de tanto refletir, acabo por não dizer. Eu remoo suas palavras como se fossem mantras, negativos, frios, dolorosos que me arrastam para baixo. Você esquece o que disse no minuto seguinte e não entende porque eu fico tão alterada.

Coisas que eu sei
Eu adivinho sem ninguém ter me contado

Eu escrevo, eu choro, eu gaguejo. Eu quero ir embora e quero ficar, ao mesmo tempo. Quando você me diz aquelas coisas que me magoam eu sinto vontade de ser a rude que você teme que eu seja, mas te amo tanto que não consigo. Você me confunde e me assusta. Onde queres revólver, sou coqueiro, onde queres dinheiro, sou paixão, onde queres descanso sou desejo e onde sou só desejo queres não.

Eu tinha medo de me machucar. Você ainda tem. Eu morro de medo de machucar você. Você não me quer longe, mas se mantem distante. Aos poucos, venho engatinhando pra mais perto. Eu ainda penso em mim como alguém que colou os pedacinhos do seu coração. Ainda penso em você como quem me ensinou o que é a entrega de um amor. 

Você troca nossos travesseiros quando estou brava com você porque sabe que eu gosto mais do seu. Você dorme no cantinho da cama porque sabe que eu sou espaçosa e coloca os cobertores do jeito que sabe que não vou passar frio. Você sorri quando acorda (mesmo quando sou eu quem te acorda) e me vê. Você diz que me ama muito. E meu coração vira piruetas...

São coisas que antes eu somente não sabia
Agora eu sei

Não leve a mal se eu fico meio tonta... meio boba, meio eu. Meio insegura, meio nervosa. Não sei não ser eu, não ser assim, mas não é por mal. Eu lembro de você quando escuto músicas felizes, tristes, apaixonadas, animadas. Eu lembro de você quando compro revistas, quando leio coisas na internet. Eu faço cafuné quando você deita no meu colo e fico te olhando dormir. Eu te mando mensagens e te ligo e te escrevo e te marco no Facebook e te dou cartas de amor e te compro presentes porque quero que o mundo inteiro saiba que eu te amo e que sou sua e que você é meu. Eu falo descontroladamente e sem vírgulas pra ver se você entende o quão desesperado é o que eu sinto por você. O quão urgente é essa saudade, esse querer. Eu choro quando acho que você vai embora. Odeio ver você indo.

E de novo estou aqui. Pensando em você, em nós dois. Escrevendo asneiras apaixonadas que livros como "Por que os homens amam as mulheres poderosas" reprovariam. Porque nos meus textos eu me entrego, me derramo. E deixo claro pra quem quiser saber o quão sua eu sou. O poder que você tem sobre mim, minha felicidade e meu humor. O quanto dependo de você. E venho aqui, numa prece urgente e silenciosa, implorar o mesmo. Apaixone-se por mim. Deixe-me amá-lo com tudo que eu posso. Entregue seu coração pra mim... Deixe que, de tanto amor, ele transborde e derrame. 

Derrame. Se der, ame. (Me) Ame!

Porque eu te amo!
Eu te espero, vem...
Diga que você me quer
Porque eu te quero também!

Beijos, Jaqueline.

Um comentário:

Unknown disse...

Ha amor, muito lindo o texto, mas vc é jornalista e totalmente romântico, não conseguiria escrever nada pra vc que se comparasse, que expressasse tão bem quanto vc esse amor, que cresce mais a cada dia, a cada desentendimento e entendimento um com o outro, porém, sei que vc sente o quanto te amo mais e mais, quanto mais nos conhecemos e ficamos íntimos, nos compreendendo apenas com olhares e poucas palavras, (no meu caso) rss. Mas acredito muito nesse seu amor, nesse nosso amor, e sei que vc já acredita no meu também, e isso me deixa muito feliz, porque eu te amo muito e minha felicidade é a sua felicidade, e aos poucos vamos estando a cada dia melhores mais felizes, mais completos, mais amando! <3 ;*